Neymar: Problema ou Solução???

É não deu torcedor Brasileiro! A conquista do tão esperado Hexa infelizmente não veio e terá que ser adiada para o Catar, daqui há exatos 1.470 dias. Em um jogo decisivo, a Seleção Brasileira de Tite errou mais do que podia e foi castigada pela excelente “geração Belga”. Não farei aqui nenhuma análise detalhada do jogo. Deixarei isso para um outro momento, mesmo porque não creio que a CBF irá “aprender” nada novo com as lições que tivemos durante a Copa da Rússia, uma vez que não o fez 4 anos atrás depois do maior vexame de todas as Copas, aquele desastroso 7 x 1 contra os Alemães.

O ponto aqui é outro: se você caro leitor, tivesse que definir a atuação de Neymar Jr. na Copa do Mundo da Rússia em uma única palavra, qual você usaria?

Medíocre! essa é a minha escolha!

O dicionário Aurélio, usa os seguintes sinônimos: sofrível e insignificante para definir a palavra medíocre e foi justamente assim a atuação de Neymar Jr. durante toda a Copa do Mundo da Rússia. Com exceção da partida contra o México, pelas oitavas de final, o jogo individual e coletivo do Brasileiro ficou muito abaixo do esperado.

Neymar: Problema ou Solução???

Para mim, a atuação de Neymar durante a Copa do Mundo de 2018 na Rússia foi pior do que a da Copa do Mundo de 2014 no Brasil. E olha que eu pensava que isso não seria possível, visto tudo o que ocorreu lá em 2014.

A lesão no quinto metatarso do pé direito, ocorrida meses atrás, somada a falta de ritmo de jogo poderiam atenuar essa avaliação porém o fato aqui passa muito mais pela imaturidade e atitudes do garoto Ney do que qualquer outra coisa.

Sua saída tumultuada do Barcelona para o endinheirado PSG, bem como as picuinhas causadas durante o ano na cidade Luz (briga com Cavani para ser o batedor oficial de pênaltis, não comemorar gols junto a torcida, não dar entrevistas quando criticado e etc) mostraram que o melhor jogador brasileiro da atualidade não evoluiu em sua maturidade e poderia virar uma armadilha para a Seleção Brasileira: Neymar Jr. hoje é um problema para o Brasil!

Explico: nenhum técnico em sã consciência ousaria não escalar o badalado jogador! Dentro de campo, ficou claro que todo os jogadores do Brasil tentavam e buscavam Neymar Jr. a todo tempo, esperando por um lance genial que não veio. E aí que mora o paradoxo da coisa: talento ele sempre teve e tem mas não consegue ter o controle emocional para ser coadjuvante quando necessário e protagonista quando é esperado!

Suas atitudes lembram a do menino mimado que é dono da bola na pelada. Caso as coisas não estejam a seu gosto, basta sair sem dar entrevistas a imprensa (como fez hoje mais uma vez mostrando total desrespeito a torcida e patrocinadores!), entrar no seu jatinho particular e ir afogar as mágoas nos braços de sua “namorada global” jogando CS e POKER no Instagram com os parças!

Mesmo depois do seu “choro redentor” durante a primeira fase do Mundial, Neymar não se acertou mentalmente. Parece que as críticas de cai-cai, que sofreu da imprensa mundial na últimas semanas, afetaram ainda mais o já combalido estado mental do jogador.

Após o episódio, ouvi alguém dizer: – “Ah, mas é muita pressão para o garoto! O Brasil sempre tem que entrar para ganhar tudo e é difícil para ele conviver com isso!”

Como disse Felipão em 2012: “Não quer pressão, vai trabalhar no Banco do Brasil!”

Pressão tem o trabalhador Brasileiro que precisa acordar as 5 horas da manhã e encarar 3 horas no transporte coletivo, trabalhar mais não sei quantas horas por dia, realizar o mesmo martírio para voltar para casa e no final do mês ganhar um salario minimo indecente que não é possível sustentar família e filhos nessa zona chamada Brasil!

É fato que Neymar carrega um peso nas costas por sem quem ele é e ter a profissão que tem, porém a cobrança é compatível com o retorno que ele recebe!

Neymar já deveria estar acostumado com isso, especialmente para alguém que desde os 16 anos ganha um salário maior do que muito executivo de empresa multinacional. Além disso, ele tem desde a base Santista, um staff que o orienta (pelo menos deveria) em tudo que faz! Não estamos falando de um alienado que não sabe usar a mídia a seu favor e veio do meio do nada! Ele sempre foi tratado como uma joia e a legião de profissionais incluía assessores de imagem, médicos, psicólogos, nutricionistas, fisiologistas, coaches e etc. O problema parece ser que Neymar Pai e Neymar Jr. não conseguem assimilar as ajudas externas, sendo donos de toda a verdade!

Em uma rápida comparação com o Belga Eden Hazard, fica fácil de ver qual era a evolução que se esperava do craque brasileiro para esse Mundial.

Eden Hazard chegou a essa Copa do Mundo com 27 anos (contra 26 anos de Neymar) depois de sofrer duras críticas na Copa do Mundo do Brasil em 2014 e na EuroCopa de 2016. A expressão “geração belga” virou até motivo de piada no meio futebolístico porém a maturidade tática e mental do Belga é infinitamente superior a do Brasileiro! A evolução de Hazard em 4 anos foi GIGANTE! Tanto que hoje ele é o capitão do selecionado Belga, coisa que não era no Mundial do Brasil.

Ser craque também é saber escolher a melhor jogada. Ser craque é ter a capacidade de ser versátil em vários esquemas táticos de jogo. Ser craque é mostrar capacidade de futebol e liderança!

Ambos são as referências para suas seleções e estrelas em seus clubes. Ambos tiveram desde a base o tratamento de craque. Porém ao meu ver, parece que Eden Hazard ouve as críticas e as assimila. O Belga tem “tesão” em defender seu país e sabe o que esperado dele! Entrega com maestria o que se pede. Hoje, se eu fosse um dirigente de um grande clube e tivesse a opção de comprar Hazard ou Neymar, pelo mesmo valor, não hesitaria um minuto a escolher o Belga! O famoso custo x beneficio está totalmente ao lado do craque da “geração Belga”!

E o que fazer então para que Neymar se torne a solução?

Nada! Não há absolutamente nada que nenhum treinador, assessor, torcedor e etc, possam fazer para que Neymar desperte o potencial de se tornar o melhor jogador do mundo e o protagonista na Seleção Brasileira nos próximos anos.

Isso depende exclusivamente da cabeça de Neymar! Cabe a ele definir qual será o papel que terá em sua carreira daqui para frente e como quer ser lembrado no futuro.

A alusão de Ronaldo Fenômeno x Adriano o Imperador, pode parecer demais no momento, mas para alguém que já é multi-bilionário aos 26 anos, a falta de desafios somado a uma mentalidade fraca e ser cercado de “parças bajuladores”, pode abreviar uma carreira assim como aconteceu com o Imperador!

O único salutar lembrete que deve ser trazido aos olhos do craque brasileiro é: na próxima Copa do Mundo, lá em 2022, ele terá 30 anos de idade! (mesma marca que Messi alcançou durante o Mundial da Rússia)

Não será mais nenhum garotinho que terá o luxo de chorar no gramado e tentar convencer todo o mundo no grito e na queda! Essa provavelmente será sua última grande chance de buscar o desejado troféu da Copa do Mundo FIFA, pois em 2026 nos EUA/Canadá/México, já terá 34 anos completos.

Habilidade e talento ele tem, e cabeça e liderança?

Um abraço,

Fernando Michelutti.

Comentários do Facebook

Fernando Michelutti

São Paulino desde 30 de maio de 1982 - O São Paulo Futebol Clube foi, e continua sendo, sua primeira paixão na vida. É fanático por futebol e se deixar assiste até a 6° divisão do campeonato inglês naquele sábado chuvoso com direito a mesa redonda e replay dos gols. Tem como hobby colecionar camisas de clubes nacionais e internacionais, além de visitar estádios e sedes de clubes sempre que esta viajando ao redor do globo. É casado com a Santa Raquel - que nunca foi enganada sobre seu primeiro amor. Também é pai da Duda, do Dani e do Pedro - uma nova geração de são paulinos que vem forte rumo ao Hepta. Agora, junto com grandes amigos, também é blogueiro aqui no papo de arquibancada!

Deixe uma resposta

Follow by Email
Facebook
Twitter
YouTube
Instagram