O que esperar do Tricolor no Brasileirão 2018?

O São Paulo estreou ontem no Brasileirão 2018 com uma vitória simples sobre a equipe do Paraná – potencial candidato a voltar para a série B em 2019. Apesar de não ter jogado bem e ter sido escalado por Diego Aguirre usando um belo “mistão”, o Tricolor fez a lição de casa e somou 3 pontos importantíssimos.

O próprio treinador resumiu o que foi a partida na coletiva pós jogo:

– Valorizo o triunfo porque sempre é importante. Quando o time não joga bem e ganha, temos que valorizar. Mas estou totalmente de acordo que fizemos um primeiro tempo razoável, não bom, e no segundo a intenção era atacar mais, fazer mais gols, mas não pressionamos. Não ficamos perto de sofrer o gol, mas o segundo tempo não foi bom.”

Aguirre poupou quatro titulares (Arboleda, Petros, Liziero, Tréllez) e deixou Nenê no banco de reservas, já que na quinta-feira, também no Morumbi, o São Paulo enfrenta o Atlético-PR no jogo de volta da quarta fase da Copa do Brasil pois como perdeu na ida em Curitiba por 2 a 1, o Tricolor precisa vencer de qualquer jeito: por um gol de diferença, leva a decisão da vaga nas oitavas de final para os pênaltis; por dois ou mais, passa direito.

O comandante Uruguaio continuou:

“Hoje (segunda-feira) não jogamos bem e, se repetirmos isso na quinta, fica difícil. Mas tenho confiança total e absoluta de que vamos classificar” – disse Aguirre, que também explicou como pretende administrar as várias competições do calendário:

– “O Brasileiro acaba em dezembro, é muito longo, e nós temos que pensar sempre no próximo jogo. Aproveitar os dias e não pensar além disso. Temos uma decisão na quinta, claro, mas outro jogo importante no domingo (contra o Ceará, pela segunda rodada), que temos que vencer. Depois de cinco jogos (no Brasileirão) poderemos analisar algo mais geral na competição.”

Apesar da vitória, eu discordo da abordagem que a comissão técnica usará nos próximos meses!

Ficou claro que Aguirre dará foco nas competições de mata mata e somente entrará com força total nos jogos do Brasileirão quando não houver conflito na tabela.

Como um dos 11.327 torcedores presentes ontem na fria noite do Morumbi, o São Paulo patinou e por pouco não abriu mão de 2 pontos preciosos. Eu entendo a pressão por um título agora em 2018, mas focar nas Copas é burrice!

Os grandes times brasileiros de 2018 já estão fazendo isso: Grêmio, Cruzeiro, Palmeiras, Flamengo, Santos, Corinthians e ate mesmo o limitado Vasco estão na Copa Libertadores. Acredito que podemos vencer o Atlético-PR na próxima quinta feira e então as Oitavas de Final da Copa do Brasil, terá a definição dos confrontos no dia 20 de abril às 11h na sede da CBF, incluíra os clubes classificados na Quarta Fase, os times que disputam a Taça Libertadores e os campeões de 2017 da Copa Verde, Copa do Nordeste e da Série B. Ou seja: o nível do mata mata vai subir pra caramba e as equipes mais fortes entrarão na disputa também!

Os cornetas dirão:

– “Ah Fernando, mas o Tricolor tem que entrar para ganhar tudo! É clube grande! Tem tradição e história!”

Concordo em partes! 

Grande parte dos problemas que temos hoje em dia, vieram devido a soberba dos nossos dirigentes que acreditaram que éramos o Soberano e que o clube perpetuaria sua hegemonia somente pela sua estrutura pós Tri-Brasileiro. Mandou profissionais gabaritados embora, dizimou a fraca oposição, rasgou o estatuto, contratou na baciada e o resultado foi qual? Bom, todo mundo sabe!

Precisamos fechar a casinha e dar foco onde os rivais não darão!

Para ganhar um campeonato de tiro longo, como o Brasileirão, é preciso ter gordura para queimar quando os grandes clubes forem caindo nos torneios de mata mata e voltarem suas atenções novamente ao Brasileiro. Olhem o exemplo do clube de Itaquera ano passado: depois de uma campanha excepcional no primeiro turno, fez um segundo turno de time rebaixado, e ainda assim foi o campeão!

Aguirre e a diretoria deveriam focar no campeonato Brasileiro! Buscar 100% de aproveitamento dentro de casa, entrando sempre com força máxima, e fora de casa jogar bem postado buscando pontos importantes contra times de menor expressão ou que não estejam enfrentando um bom momento no campeonato, seja por deficiência técnica ou por dar foco em outros torneios. O exemplo de jogos fora de casa deve ser a partida contra o Rosário Central -ARG na última semana…

Aqui vale um aviso a nossa incompetente diretoria: Ingresso a 50 reais na Azul e Laranja??? Quando precisou ano passado, jogo o ingresso lá embaixo….Deveriam rever isso e ter a casa cheia em TODOS os jogos no Morumbi, fazendo do nosso estádio um ponto decisivo nestes jogos!

Sei que minha teoria pode parecer loucura, mas analisando as 20 equipes do Brasileirão, a parada para a Copa do Mundo da Rússia e Copa do Brasil e Libertadores tendo suas finais em Dezembro, o São Paulo hoje tem um bom elenco e se jogar com vontade e se tornar um time cascudo sob o comando de Aguirre, pode buscar o titulo do Brasileirão 2018 enquanto os rivais brigam pelas Copas!

Saudações Tricolores,

Fernando Michelutti.

Comentários do Facebook

Fernando Michelutti

São Paulino desde 30 de maio de 1982 - O São Paulo Futebol Clube foi, e continua sendo, sua primeira paixão na vida. É fanático por futebol e se deixar assiste até a 6° divisão do campeonato inglês naquele sábado chuvoso com direito a mesa redonda e replay dos gols. Tem como hobby colecionar camisas de clubes nacionais e internacionais, além de visitar estádios e sedes de clubes sempre que esta viajando ao redor do globo. É casado com a Santa Raquel - que nunca foi enganada sobre seu primeiro amor. Também é pai da Duda, do Dani e do Pedro - uma nova geração de são paulinos que vem forte rumo ao Hepta. Agora, junto com grandes amigos, também é blogueiro aqui no papo de arquibancada!

Um comentário em “O que esperar do Tricolor no Brasileirão 2018?

Deixe uma resposta

Follow by Email
Facebook
Twitter
YouTube
Instagram