O maior vencedor da última rodada do Brasileirão

Só eu acho impressionante o trabalho que o Santos está fazendo esse ano?

O time está longe de ter uma folha salarial altíssima. São 4,5 milhões mensais, representando o 9º maior investimento de um clube brasileiro nesse ano. Sem dúvida é a melhor relação custo-benefício do País.

Claro, não podemos desconsiderar que o time foi eliminado de bobeira para o Barcelona do Equador e por isso não está na semi da Libertadores, grande objetivo do clube para o ano. Mas mesmo assim, o Santos chegou até as quartas-de-final do campeonato e por um detalhe não está ainda brigando por mais esse título.

Seria o 4º da história do clube.

Fora a Libertadores o Santos ainda está vivo no Brasileirão. Mesmo sendo uma missão muito difícil, é o único time que ainda pode ameaçar o título do Corinthians.

Hoje o Santos é mais time que o Corinthians inclusive. A vitória de algumas semanas atrás na Vila Belmiro deixou isso bem claro.

Acredito que o foco na Libertadores atrapalhou um pouco o Santos nessa luta pelo Brasileirão. O foco e também algumas das atitudes do Levir Culpi, que é um ótimo técnico, mas que faz umas 4 ou 5 rodadas atrás que dava entrevistas coletivas meio que jogando a toalha para a competição nacional. Ele chegou até a escalar time misto e perder pontos.

No sábado, o Santos conseguiu uma vitória maiúscula contra o Palmeiras no Allianz Parque por 1×0.

Foi muito importante por vários aspectos.

Primeiro porque foi diante de um time muito forte, que brigava pela vice-liderança em casa, com torcida única.

Segundo porque o Santos jogou com desfalques importantes, como Lucas Lima, Renato e Vecchio.

Terceiro, o gramado do Allianz estava completamente prejudicado pela chuva. Um estádio desse porte não pode ser tão afetado por uma chuva que não foi das piores.

Mesmo em um ano ruim, Ricardo Oliveira marcou e garantiu a vice-liderança para o Peixe.

Com o empate do Corinthians a diferença agora é de 8 pontos. Bastante coisa ainda, mas nada é impossível no futebol.

Os próximos 5 jogos do Santos são contra times que lutam contra o rebaixamento. Ponte fora de casa, Vitória em casa, Sport fora, Atlético Goianiense em casa e São Paulo fora. O Peixe tem boas chances de conseguir pelo menos 9 dos próximos 15 pontos a disputar.

Por isso podemos afirmar, o Santos foi o maior vencedor da 26ª rodada do Brasileirão.

Palmas para o time da Vila, que tem jogado pra frente e de forma consistente, faz anos. Mesmo com elencos bem mais modestos que seus adversários.

O que pode atrapalhar o Santos?

Talvez o ambiente político do clube.

Em dezembro haverá a eleição para escolha do Presidente do clube.

Modesto é candidato a re-eleição, porém a oposição se mostra articulada e vem forte para o dia 09/12.

Só para ter uma ideia de como isso influencia, as contratações para 2018 a partir de hoje precisam ser aprovadas pelo conselho deliberativo do clube, já que não há uma certeza sobre quem será o novo mandatário do clube no ano que vem.

Vamos torcer para que a política fique de lado e que o futebol continue reinando.

Um abraço

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

Follow by Email
Facebook
Twitter
YouTube
Instagram