Palmeiras 0 x 0 Santos. Clássico raiz hoje no Allianz Parque

Não se engane analisando apenas o resultado da partida desse sábado a noite. O jogo não teve gols, mas foi muito interessante de assistir.

Não foi o melhor jogo das nossas vidas, mas foi um clássico raiz.

Chutes de fora da área, defesas incríveis de goleiros inspirados, zagueiros de qualidade, saída de bola no pé. Brigas, times pilhados, emoção.

Treinadores corajosos buscando o controle do jogo e a vitória.

Parece óbvio não?

Parece, mas no futebol brasileiro de hoje não é.

Em comparação com o clássico em Itaquera da semana passada (Corinthians 2 x 1 São Paulo), o jogo de hoje foi muito melhor.

No clássico do último domingo vimos dois times tensos, lutando por uma bola. Verdade, saíram 3 gols, mas não teve um décimo da atitude que vimos hoje no Allianz Parque.

Fiquei impressionado com a competitividade do Santos, mesmo atuando com grande parte do jogo sem os seus melhores jogadores.

O goleiro Éverson (do Santos) jogou muito! Saídas do gol seguras, defesas de tirar o fôlego. E o polêmico, mas de fato efetivo, ótimo jogo com os pés.

O Palmeiras martelou mais, insistiu. Como joga bola esse Dudu! Sobrando no futebol brasileiro. Mas mesmo assim, eu não vi o Santos desesperado em nenhum momento da partida.

O Peixe hoje é um time que sabe o que faz. O carequinha argentino de gola alta ali no lado do campo é um maestro. Eu percebi muitas vezes jogadores do Santos lutando contra sua própria natureza para seguir as orientações do Sampaoli.

O Palmeiras é um esquadrão. Fiquei muito impressionado ao ver Moisés sair machucado e entrar o Bruno Henrique. Ricardo Goulart, Victor Luis, Marcos Rocha. Timaço.

Resumindo, de um lado um treinador tirando leite de pedra. Do outro lado um elenco estrelado jogando a vontade.

Não vi nada disso em Itaquera semana passada. Corinthians e São Paulo não são nem um, nem outro.

Vi elencos pesados. Treinadores temerosos. Futebol de péssima qualidade. Chato de ver.

Hoje vi um clássico raiz. Primeiras forças do estado lutando.

Semana passada duas quartas forças implorando para 90 minutos se acabarem.

Vamos aguardar os momentos decisivos do campeonato para ver o desempenho dos grandes.

Afinal, o Corinthians mesmo mal é muito eficiente em clássicos.

Afinal, não se sabe se o São Paulo chegará nas quartas.

Obrigado Leila, Galiotte, Sampaoli, e demais envolvidos. Hoje teve clássico. Semana passada, não.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta