Palmeiras quebra tabu, recorde, e vira líder

Ao vencer o Cruzeiro por 3 a 1, ontem, no Pacaembu, com gols de Lucas Lima, Hyoran e do bom zagueiro Gustavo Gómez, o Palmeiras quebrou um tabu que vinha desde 2015. Este havia sido o ano da última vitória do Verdão sobre o Cruzeiro, um 3 a 2 em MG pela Copa do Brasil. Pelo Brasileiro, a última vitória do Palmeiras sobre o Cruzeiro tinha sido em 2012, ano do segundo rebaixamento, por 2 a 0, com gols de Barcos. Além do jejum de vitórias contra o Cruzeiro, fomos eliminados por eles 2 vezes seguidas na Copa do Brasil – adversário mais do que chato.

Com a vitória, a 39ª vitória no ano, o Palmeiras quebra o recorde da maior quantidade de vitórias em um só ano neste século (leia aqui), as 38 vitórias conseguidas no ano de 2008. Agora, caminha para ultrapassar as 44 vitórias conseguidas no ano 2000.

A importante vitória contra o Cruzeiro alçou o Palmeiras à liderança do Campeonato Brasileiro pela primeira vez desde a 38ª rodada de 2016, ano em que faturou o eneacampeonato.

Como comparação, até a 27ª rodada de 2016, o Palmeiras tinha conquistado 54 pontos, contra 53 pontos da campanha atual. Dá pra levar o caneco, basta continuar jogando com seriedade e vontade.

Agora, pelo Brasileiro, a meta é quebrar mais um tabu no ano: ganhar do São Paulo no Morumbi. Pessoalmente, acredito que o empate é ótimo resultado. No meu planejamento pessoal de pontos, o Palmeiras precisa de no mínimo 7 pontos nas próximas 3 rodadas: São Paulo fora, Grêmio e Ceará em casa. É perfeitamente possível, e nos deixará mais próximos do deca.

Saudações alviverdes!

Comentários do Facebook

Rafael Sugiyama

Palmeirense fanático, analista de sistemas, casado com a mulher mais bonita do mundo, Camila, e pai do Arthur, da Giovanna, da Laura e da Maya, nossa golden. Amante de futebol, irrito muito a esposa com os jogos da série C ou da Copa Verde que gosto de assistir. Gosto de números e escrevo sobre tudo.

Deixe uma resposta